Sep 14, 2014
"cavalo branco"quadro de uma hq curtinha pra uma expo sobre a zila mamede na faculdade

"cavalo branco"

quadro de uma hq curtinha pra uma expo sobre a zila mamede na faculdade

Sep 12, 2014

a palavra pouso


aterrissou com um rodopio
meio sem jeito
todo papagaio com asa podada
cai assim(?)
e depois segue andando
rebolando com seu penacho
verde louro
vermelho carmim
amarelo manhã
não sei qual é a graça
pra esse papagaio viver aqui
o quintal inteiro parece 
pra ele
um mini mundo
comendo carambola que cai
do céu como estrela 
andando pelo varal
como um saltimbanco
e fugindo do cachorro
com pele de ovelha.

dubio de um poema da fodissima Alice Sant’anna

Sep 9, 2014

o cachorro debaixo da cama vigia as tuas unhas

os ossos do piano
latejam brancos e
orgânicos
como se o som
fosse carne macia
e cremosa

ao toque
sustenir a saliva
no fio afiado do
silvo que brota
no telhado
toco notas
roucas
do fundo da garganta

de cânions
e você
- gaivota destinada -
revoa pela janela escancarada
me atravessou
como uma flor
no lamaçal
se aprisionando na sala
nas passadas súbitas
das suas asas
arranhadas.

Sep 8, 2014
Sep 7, 2014
Sep 6, 2014

porfazer

Sep 5, 2014

Foto Bordada

os dedos enferrujados contam
tantas fabulas
da estrada
quanto a barba de um bisão
pastando
os ponteiros do relógio

uma revoada de aviões
atravessa o céu
o rasgando com som
e fumaça

as dunas do tempo
cada vez mais
se acumulam
na beira dos olhos
modulando
a cada braçada do vento

e uma criança
desenha com fogo
a alma nos olhos
dos santos
de gesso

Sep 4, 2014

Granito

Abrir a boca e de lá
rolarem pedras
corpo abaixo.

Pedras brutas
com uma tonelada
de escarcéu
impossíveis de serem
lapidadas pela
saliva humana

E dentro delas
descobrir um sol
habitado por um
fim fugaz e
ruivo

Abrir a boca e de lá
rolarem pedras
em forma de palavras 
rochosas e
remendadas 
na base 
do cuspe
caustico
da chuva azul.

Sep 3, 2014
Fiz essa acrilicazinha pra uma das capas do Amor é Simples, zine de poesias com a regina azevedo, em que cada capa é unica.é 5 reais, e você pode comprar pelo email delareginilda12@gmail.com

Fiz essa acrilicazinha pra uma das capas do Amor é Simples, zine de poesias com a regina azevedo, em que cada capa é unica.

é 5 reais, e você pode comprar pelo email dela
reginilda12@gmail.com

Sep 1, 2014

Pestana

acordar, com os olhos cheios de areia
e ser tarde, alaranjadamente tarde
um laranja de tarde que lembra a 
infância, que ainda anda solta
por essas ruas perenes ai afora.

anda feito um moleque descalço
sem medo do bicho
de pé

as ruas não envelhecem, parecem
ir contra a correnteza do tempo
e ousam serem eternas. As calçadas
em mosaico, as donas de casas fazendo
ginastica com cabo de vassoura, o 
supermercado com o mesmo chão
de uma década atrás.

tô ficando velho

agora eu posso falar que vivi a 
uma década. Falar que os dias
eram magros. Que as ruas não
assoviavam, sacanas. Que as pessoas não
pareciam enigmas dominicais.

tem dias que acordo, vou ao 
banheiro e o que vejo no espelho
é um simulacro com olheiras
cabeludas.

tem dias que acordo, vou ao 
banheiro e pareço afundar
no apito de um navio.

levantar, entre retalhos de lençóis
e essa tarde velha de sol. E seguir,
(pestana após pestana,)
acordado entre sonhos
e
miragens.

Navigate
« To the past Page 1 of 5
About
garranchos rabiscos copos cheios de ar
contato: thevictorh@gmail.com Subscribe via RSS.